Arquivo

Posts Tagged ‘Aramaico’

CURIOSIDADES BÍBLICAS

CURIOSIDADES GERAIS SOBRE A BÍBLIA

– A palavra “BÍBLIA” teve origem no idioma Grego: “Biblion”, que significa “livro”. O plural desta palavra é  “biblion”, para nós  BÍBLIA, que significa simplesmente a reunião de todos os “LIVROS.
– O autor do mais famoso livro é Deus.
– Sua correta interpretação só é possível por meio do Espírito Santo.
– O tema central da palavra de Deus é seu filho Jesus Cristo.
– A Bíblia é o livro que possui o maior número de edições e é o mais vendido no mundo.
– A Bíblia é também o livro mais lido por todo o globo.
– O número total de livros da Bíblia é 66 livros.
– No Antigo Testamento são 39 e 27 no Novo Testamento.
– Totalizando 66 livros, sendo 66, 39 e 27 todos múltiplos de 3, o número da perfeição.
– Os 39 livros que compõem o Antigo Testamento, sem a inclusão dos livros apócrifos, estavam compilados desde cerca de 400 a.C., sendo aceitos pelo cânon Judaico, e também pelos Protestantes, Católicos Ortodoxos, Igreja Católica Russa, e parte da Igreja Católica tradicional.
– O Velho Testamento é aproximadamente três vezes e meia maior do que o Novo Testamento.
– Os livros que contam história cobrem metade do Velho Testamento.
– Os livros que contam poesia cobrem um quinto do Velho Testamento.
– Os Evangelhos ocupam quase a metade do Novo Testamento.
– O Pentateuco, grupo dos primeiros cinco livros escritos por Moisés, é quase do tamanho do Novo Testamento.
– O Antigo Testamento foi escrito em Hebraico, com exceção de algumas passagens em Esdras, Jeremias e Daniel, que foram escritas em Aramaico.
– O Novo Testamento foi originalmente escrito em Grego.
– Existem aproximadamente 2.800 idiomas e 3.000 dialetos, mas a Bíblia já foi vertida, em parte, em 1.500 idiomas e dialetos. A Bíblia inteira só está traduzida em cerca de 330 idiomas.
– Inicialmente, os escritos da Bíblia não eram divididos em capítulos e versículos, como temos agora; a divisão em capítulos só veio a acontecer entre 1244 a 1248 d.C., pelo Cardeal Hugo de Sancto Caro, que se serviu deste artifício para melhor realizar sua concordância e estudo. Alguns pesquisadores atribuem essa divisão também a Stephen Langton, falecido em 1228. No ano de 1551, Robert Stephen fez depois a divisão em versículos. Em 1555 foi publicada a primeira Bíblia, conhecida como Vulgata.

Anúncios