Arquivo

Archive for março \13\UTC 2011

Traduzir Deus

Deus é isso

 

Para mim Deus é isto: a beleza que se ouve no silêncio. Daí a importância de saber ouvir os outros: a beleza mora lá também. Comunhão é quando a beleza do outro e a beleza da gente se juntam num contraponto.

Rubem Alves in “O AMOR QUE ACENDE A LUA”

 

Nem toda a sensibilidade de escritor Rubem Alves é capaz de traduzir a gradiosidade de Deus. Muitos tentaram ver o criador de todas as coisas, mas foram ofuscados com o seu brilho. Deus é um deus que se esconde, que se aquieta, e às vezes sussurra em nosso ouvido palavras inefáveis. Ele está presente no Universo e bem pertinho de nós, no nosso coração. Ele parece distante muitas vezes, mas na verdade seu desejo é de ser íntimo. Embora seja o todo-poderoso, Ele não exige formalidades. Ao contrário, quer que falemos de maneira simples, descomplicada.

Deus é esse ser amoroso, grandioso e maravilhoso, mas que sempre se encobre. E, como fonte de vida, está sempre a se derramar para todos que o buscam.

 

Anúncios