Arquivo

Posts Tagged ‘Jesus’

Páscoa – Significado

 

 

aeggs

 CONTO DE PÁSCOA 

Na véspera do Domingo de Páscoa, Ester estava ansiosa para receber seu ovo e não estava disposta a aguardar o dia seguinte.

Vovó Tita, por sua vez, já havia escondido o ovo da neta num lugar da casa, mas não iria ceder, pois era assim que a mãe dela fazia, e disto ela tinha boas recordações.

Ester, com seus dez anos, era muita esperta e resolveu que primeiramente faria algumas perguntinhas e só depois faria a chantagem emocional para tentar ganhar seu ovo antes da hora.

– Vovó, porque se fala tanto em ovo de Páscoa?

– Pequena Ester, embora no Brasil seja a entrada do Outono, lá onde começou esta tradição é início da Primavera, que é quando a terra volta a se aquecer e a natureza explode exuberante, cheia de vida. Por isso é que o ovo é usado para representar este período. Você se lembra da nossa Pintadinha? Ela aqueceu os ovinhos durante quarenta dias e deles nasceram vários pintinhos.

– Puxa, foi muito legal, vovó. E o coelho, o que tem a ver com isso?

– Dentre os animais, quem se multiplica mais rapidamente são os coelhos, por isso ele também é usado para falar deste período de muita vida, isto é, de muita fertilidade.

– Aí você poderia perguntar o que tudo isso tem a ver com Jesus?

– É, boa pergunta. Afinal, ele não nasceu em dezembro?

– Sim, mas a Páscoa tem a ver com sua morte, pois Jesus veio ao mundo para morrer e nos dar vida, derramando seu sangue na cruz. Aqueles que acreditam n’Ele, tem seus pecados purificados e são renascidos para uma nova vida.

– Como assim, vovó, “nova vida”?

– É porque viver não é só estar com os olhos abertos e poder respirar. Viver tem que ser com alegria. Muitas pessoas esperam que outra pessoa apareça em suas vidas para fazê-las feliz, mas quando se tem Jesus no seu coração, você passa a viver, sendo realmente muito, muito feliz.

– Puxa, vovó, eu sou então muito feliz quando minha mãe me deixa aqui com a senhora.

– Ester, Ester, o que você está querendo?

– Nada, vovó, é só a verdade. Mas e a Páscoa, o que significa?

– Páscoa significa “passar sobre”, isto é, quando a morte vem até você, ela não pode fazer nada, ao perceber que você tem o sangue de Cristo, assim ela passa para outro que ainda não renasceu para esta vida verdadeira.

– Para ficar mais fácil, Ester, vou contar pra você uma linda história que minha mãe me contava, sempre às vésperas do Dia da Páscoa.

– Tá bom, vovó. – a pequena concordava com tudo e, ao mesmo tempo, pensava numa maneira de fazer a vó dar seu ovo.

E contou várias historinhas que ela sabia de cor, até que sua netinha se cansou e pegou no sono.

Você Tita riu consigo mesma, olhando a candura de sua linda netinha. Naquele momento viajou no tempo, recordando-se da filha, que estava viajando a serviço.

E veio o dia seguinte. Ester acordou toda fogosa e, ainda de pijama, começou a sua busca, enquanto a vó se divertia vendo a frustração na carinha da menina toda vez que se equivocava.

Mesmo correndo pra lá e pra cá para fazer um almoço muito especial, vó Tita não cedia aos apelos da menina, que seguia desesperada por todos os cantos da casa à procura do chocolate que a vó, carinhosamente, fazia sempre para ela.

Legal mesmo foi ver aquela carinha feliz, dando pulos de alegria, quando finalmente ela achou seu ovo de Páscoa.

Uma cena imperdível.

Autor José Maria Cavalcanti

 

Deus dá Vida

zzzzzzzzimagesCAPY0HUV

RESSUSCITA-ME

Aline Barros

Mestre, eu preciso de um milagre

Sim, às vezes estamos tão vazios e sem graça que parece brotar do nosso interior este pedido, este desejo, esta súplica.
Transforma minha vida, meu estado

Estamos cheios de lojas, shoppings, Faustão, Big Brother e Fazenda, mas nada disso enche o vazio do coração.
Faz tempo que eu não vejo a luz do dia

Estar na luz e não em trevas é o que mais anelamos.
Estão tentando sepultar minha alegria

Distante de Deus não há alegria verdadeira.
Tentando ver meus sonhos cancelados

Longe d’Ele, não há realização, não há propósito.
Lázaro ouviu a Sua voz

Fora dos caminhos do Senhor, estamos mortos, assim como Lázaro.
Quando aquela pedra removeu

Sim, Senhor, remove esta enorme pedra que nos sepulcra, que impede a comunhão contigo.
Depois de quatro dias ele reviveu

Não importa quanto tempo estamos sem vida, em Deus sempre há esperança.
Mestre, não há outro que possa fazer

Todo o poder foi a Ele confiado. Ele é o Deus dá vida!

Aquilo que só o Teu nome tem todo poder

Basta clamar, e tudo se transforma pelo poder do seu nome.
Eu preciso tanto de um milagre

Pode clamar que Ele atenderá seu desejo. Ele é o Deus dos Milagres!

Remove a minha pedra

Às vezes sentimos um peso enorme sobre nosso corpo, nossa cabeça.
Me chama pelo nome

Deus conhece a todos pelo nome.
Muda a minha história

Deus mudou a história de muitos e muitos homens sobre a terra. Ele também quer mudar a sua história de vida.
Ressuscita os meus sonhos

Sonhos sem Deus são projetos sem final feliz.
Transforma a minha vida

Deus quer transformar sua vida porque isto apraz o coração d’Ele.
Me faz um milagre
Me toca nessa hora
Me chama para fora
Ressuscita-me

Ele, com um simples toque, fará este milagre, tirando qualquer pecador do seu sepulcro, dando-lhe a vida.

Mestre, eu preciso de um milagre
Transforma minha vida, meu estado
Faz tempo que eu não vejo a luz do dia
Estão tentando sepultar minha alegria
Tentando ver meus sonhos cancelados
Lázaro ouviu a Sua voz

Quando aquela pedra removeu
Depois de quatro dias ele reviveu
Mestre, não há outro que possa fazer
Aquilo que só o Teu nome tem todo poder
Eu preciso tanto de um milagre

Assim como sucedeu a Lázaro, Deus demonstrou que somente Ele pode dar vida, mesmo depois de dias na escuridão.

Tu És a própria vida
A força que há em mim
Tu És o Filho de Deus
Que me ergue pra vencer
Senhor de tudo em mim
Já ouço a Tua voz
Me chamando pra viver
Uma história de poder

Deus é o único que pode dar vida, transformar vidas, fazer de nós poderosos e vencedores.

 Autor José Maria Cavalcanti

Jesus Cristo

Jesus Incomparável – Dr. John Edmund Haggai

imagesCA8L7YYH

ELEVADO PADRÃO DE HUMANIDADE

Ele demonstrou ao mundo o mais elevado padrão de moralidade. Não se curvou às autoridades da época, tampouco aceitou ser manipulado pelos religiosos. Todos seus atos tinham um único propósito: resgatar o homem da sua condição caída. Para isto, elevou nosso condição, carregou nossos pecados, venceu a morte e está disponível para todo aquele que nEle crer.

Muitas qualidades foram atribuídas a Ele, mas nada se compara ao texto do Dr. John Edmund Haggai. Ele declarou ao mundo o quanto Ele é incomparável!

Este vídeo não pode deixar de ser visto.

Desfrutem desta linda mensagem cristã.

Autor José Maria Cavalcanti

Grandes Pregadores

HOMENS DE DEUS – CHARLES FINNEY (1792 – 1875)

Nasceu de uma família descrente e se criou num lugar onde os membros da igreja conheciam apenas a formalidade fria dos cultos. Tornou-se um advogado que, ao encontrar nos seus livros de jurisprudência muitas citações da Bíblia, comprou um exemplar com a intenção de conhecer as Escrituras. Eis um trecho de sua biografia: Ao ler a Bíblia, ao assistir às reuniões de oração, e ouvir os sermões do senhor Galé, percebi que não me achava pronto a entrar nos céus… Fiquei impressionado especialmente com o fato de as orações dos crentes, semana após semana, não serem respondidas. Li na Bíblia “pedi e dar-se-vos-á”. Li, também, que Deus é mais pronto a dar o Espírito Santo aos que pedirem a Ele, do que os pais terrestres a darem boas coisas aos filhos. Ouvia os crentes pedirem um derramamento do Espírito Santo e confessarem, depois, que não o receberam. Exortavam uns aos outros a se despertarem para pedir, em oração, um derramamento do Espírito de Deus e afirmavam que assim haveria um avivamento com a conversão de pecadores… Foi num domingo de 1821 que assentei no coração resolver o problema sobre a salvação da minha alma e ter paz com Deus. (…) Fui vencido pela convicção do grande pecado de eu me envergonhar se alguém me encontrasse de joelhos perante Deus, e bradei em alta voz que não abandonaria o lugar, nem que todos os homens da terra e todos os demônios do inferno me cercassem. O pecado parecia-me horrendo, infinito. Fiquei quebrantado até o pó perante o Senhor. Nessa altura, a seguinte passagem me iluminou: “ Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei. E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração”.

            A conversão de Finney e o seu imediato batismo no Espírito Santo, contados em sua biografia, são impressionantes. O amor a Deus, a fome de sua Palavra, a unção para testemunhar e anunciar do Evangelho vieram sobre ele no dia de sua entrega a Jesus. Imediatamente, o advogado perdeu todo o gosto pela sua profissão e tornou-se um dos mais famosos pregadores do Evangelho.

            Eis o segredo dos grandes pregadores, nas palavras do próprio Finney: Os meios empregados eram simplesmente pregação, cultos de oração, muita oração em secreto, intensivo evangelismo pessoal e cultos para a instrução dos interessados. Eu tinha o costume de passar muito tempo orando; acho que, às vezes, orava realmente sem cessar. Achei, também, grande proveito em observar freqüentemente dias inteiros de jejum em secreto. Em tais dias, para ficar inteiramente sozinho com Deus, eu entrava na mata, ou me fechava dentro do templo.

            Conta-se acerca deste pregador que depois de ele pregar em Governeur, no Estado de New York, não houve baile nem representação de teatro na cidade durante seis anos. Calcula-se que somente durante os anos de 1857 e 1858, mais de 100 mil pessoas foram ganhas para Cristo pelo ministério de Finney. Na Inglaterra, durante nove meses de evangelização, multidões também se prostraram diante do Senhor enquanto Finney pregava.

            Descobriu-se que mais de 85 pessoas de cada 100 que se convertiam sob a pregação de Finney permaneciam fiéis a Deus; enquanto 75 pessoas de cada cem, das que professaram conversão nos cultos de algum dos maiores pregadores, se desviavam. Parece que Finney tinha o poder de impressionar a consciência dos homens sobre a necessidade de um viver santo, de tal maneira que produzia fruto mais permanente.

Fonte: http://www.pregaapalavra.com.br/pregadores/ffinney.htm

Sacrifício Único

JESUS – CORDEIRO DE DEUS

DO LÁBIO DE UM ESCOLHIDO

VEIO O BEIJO PARA TRAIÇÃO

COM ELA PRISÃO E CASTIGO

QUE DESAMOR INGRATIDÃO

EM MEIO A TANTA MALDADE

SOFREU O CORPO IMOLADO

PRA REMIR A HUMANIDADE

TIRANDO DE NÓS O PECADO

FOI CASTIGADO E AÇOITADO

MORREU PREGADO NA CRUZ

E TUDO COMO PROFETIZADO

CORDEIRO DE DEUS – JESUS

Autor José Maria Cavalcanti

Desejos incontidos

A CURA DA ANSIEDADE

Outro dia perguntei para a atendente de uma loja de artigos finos de couro: Quantas bolsas seriam necessárias para fazer feliz uma mulher? Ela nem pensou duas vezes e respondeu com toda convicção do mundo: ” – Muitas!”. Fiquei impressionado que a resposta foi comemorada com uma saldação típica de jovens por outra mulher e a moça que me atendia, além é claro de um “Yes!” das duas, como se houvessem treinado anteriormente. Depois de chocarem as mãos no alto, as duas saíram rindo para experimentar outros modelos. Fiquei pensando que não somente as bolsas são o objeto de consumo de muitas mulheres. Os sapatos, cintos, perfumes, vestidos e outros itens deixam muitas mulheres alucinadas. Os homens também têm suas loucuras por peças para sua endumentária, mas são mais contidos e comedidos que as mulheres. Eles também se sentem muito atraídos por carrões, relógios, óculos e outros itens que sugiram que eles têm o poder nas suas mãos.

Parece que o mercado, sabedor do enorme vazio que as pessoas possuem, está sempre disposto a exibir um produto novo e atrativo para ser o novo alvo de homens e mulheres nessa busca insaciável de preencher esse desejo ardente do interior de todos nós.

Nessa hora, recordei de uma passagem bíblica que fala sobre uma planta de floração comum na Palestina, mas de muita beleza: “Olhai os lírios do campo e vejam como eles crescem: não trabalham, nem fiam. Eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer um deles”. Jesus exortava seus discípulos a não se preocuparem tanto com as coisas exteriores e com o dia de amanhã.

Vejam que esta preocupação já existia desde aquele tempo. O Senhor percebeu que aqueles homens eram ainda muito materialistas e necessitavam de um retorno à sobriedade cristã. Eles necessitam acordar para a realidade que estava lado a lado com eles. Jesus não deixava passar uma oportunidade para redirecionar aquelas mentes cheias de pensamentos fulgazes. Isto fazia parte do treinamento diário que o próprio Senhor concedia a seus seguidores nos seus dias terrenos.

Isto é fácil de se compreender quando o tema diz respeito a pessoas que ainda não foram preenchidas por Cristo, mas quando trazemos o problema para o seio da igreja, ficamos muito preocupados.

Estamos falando de pessoas que receberam o Senhor Jesus em seus corações e aos pouquinhos foram cedendo e agora se deixam levar pelas mesmas ansiedades que faz o mover do mundo.

Nessa hora, necessitamos abrir os olhos, pois o altar de ofertas não pode se transformar em uma passarela da moda, senão estaremos fadados ao engano e aos descaminhos. Assim necessitamos acordar, por estarmos perdidos e sem rumo, para voltar imediatamente para o Senhor.

“Pensai nas coisas lá do alto. Não nas que são aqui da terra. Porque morremos e a nossa vida está oculta em Deus.”

Autor José Maria Cavalcanti

Puxando-nos para o alto

DIETA DA LEVITAÇÃO

É fácil perceber uma poderosa indústria voltada para produtos e serviços para tornar as pessoas mais leves e saudáveis.

A máquina da propaganda, trabalhando em cooperação comercial, põe mulheres e homens com corpos trabalhados para anunciar esteiras, pesos, aparelhos de stepper, bicicletas ergométricas, estação de ginástica e tudo mais que tenha a ver com “healty e fitness” (saúde e boa forma), palavras que foram incorporadas ao nosso vocabulário.

Estamos preocupados em ficar levinhos com o objetivo de estarmos em boa forma e gozando de excelente saúde. Esta verdadeira obsessão com o físico está deixando as pessoas estressadas, a ponto de cometerem loucuras para atingir seus objetivos.

Este desejo por corpos perfeitos atinge todas as pessoas, não importando a classe social, o nível cultural ou a religião que pertençam.

Mas, no dia do arrebatamento, com qual peso devemos estar para conseguirmos ser elevados ao céu?

Uma coisa é certa, quanto mais nosso coração estiver posto nos bens físicos, isto é, vinculado às coisas terrenas, menos chances teremos para a aguardada “abdução” celestial.

Muitos ficarão boquiabertos com a facilidade que alguns “cheiinhos” terão para levitar no tão esperado dia. E causará espanto ver um magrinho, aparentemente muito espiritualizado, não subir para se juntar àqueles que foram escolhidos por Deus.

Nessa hora fico imaginando a situação do craque de bola Cacá. Ele ganha rios de dinheiro e possui muita fama e faz muito sucesso. Quão difícil deve ser para ele se tornar leve, não deixando que seu coração vá se amalgamando aos bens materiais, pois tem todos os objetos mais desejados do mundo: carros da Ferrari; belas mansões; e todo o luxo que o dinheiro pode comprar. Leia mais…